quarta-feira, 3 de junho de 2009

A moça tecelã - outras versões

Tecendo a vida

Vou contar uma história
De uma moça que tecia
De dia quando acordada
De noite quando dormia
E neste tremendo esforço
Era a vida que vivia

Durante todo esse tempo
Tudo que ela possuía
Até mesmo contemplando
As coisas do dia a dia
E só a felicidade
Era o que ela sentia

Porém em certo momento
Ela sentiu-se sozinha
E imediatamente
Pensou no homem que tinha
E também na sua prole
Que por pouco se advinha

Quando eles se questionavam
Sobre a morada que tinha
Pensavam em grande palácio
Mas o que se avizinha
Era um simples casebre
Tecido com fina linha.

Esta pequena história
Comparada à educação
A vida do professor
Com toda empolgação
Tecendo a vida de muitos
Na sofrida ocupação.

Pensa numa vida melhor
Dedica-se a estudar
Fazendo grandes projetos
Para a vida melhorar
E o esperado FUNDEB
Dizem que vem pra mudar

E neste tremendo esforço
Vive a nossa profissão
Hora tentando mudar
Os rumos de nossa ação
Infelizmente o que resta
É só a decepção.

(Maria José e Inácia)


A moça tecelã

Tecer, era tudo o que fazia
Tecer, era tudo o que queria fazer
Acordava e tecer era a sua alegria
Seus belos fios dourados a refaziam
Porém, um dia, cheia de luas sozinha
Suspirou, tentando um marido encontrar
Sonhou e teceu!
Não esperou mais, coloriu de lãs o seu desejo
Fiou e erguido lá estava um belo marido esculpido
Os dias passaram e seu desejo exigiu muros mais altos
Teceu, transformou tijolos em lã
Construiu para o seu amado e tudo cresceu
E sua felicidade desabou, padeceu
Resolveu se desfazer de tudo
Planejou voltar e encontrar a solidão
Pois não sabia que a felicidade tinha desafios
Correu a desfazer, as cores se perderam
Os fios dourados escureceram
E tudo desapareceu...
Chegou a ouvir o sol chamá-la
E de lãs iluminou
Seus dias tristes renovou.

(Mariclécia e Verônica)

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Olá Rúbia, estou retribuindo a sua visita e quero agradecer suas palavras, que bom que você gostou do meu blog.
    Espero que continuemos nos visitando virtualmente, vist que pessoalmente é complicado rsrs
    Abraços
    Edi

    ResponderExcluir
  3. Suas cursistas são verdadeiras artistas e, ainda por cima, completas, uma vez que são professoras. Parabéns a vc e a todas
    bj

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário sobre a postagem. Obrigada!